CONSCIÊNCIA NEGRA NA LITERATURA

A Biblioteca Comunitária Além das Fronteiras encerrou nesta semana as atividades referentes a Consciência Negra. As mediações foram de livros que retratatam e resgatam a diversidade cultural. O livro mediado foi: Três contos africanos, de Rogério Andrade Barbosa.

 Livros sobre a diversidade cultural


E dentro do espaço da biblioteca as crianças e adolescentes escutaram a lenda do Maculelê e também vivenciaram a dança. Abaixo uma breve informação sobre o maculelê:
 
"O Maculelê é uma dança, um jogo de bastões remanescente dos antigos índios cucumbis. Esta "dança de porrete" tem origem Afro-indígena, pois foi trazida pelos negros da África para o Brasil e aí foi misturada com alguma coisa da cultura dos índios que aqui já viviam.
A característica principal desta dança é a batida dos porretes uns contra os outros em determinados trechos da música que é cantada e acompanhada pela forte batida do atabaque. Esta batida é feita quando, no final de cada frase da música, os dois dançarinos cruzam os porretes batendo-os dois a dois". 

A lenda:

"Em uma delas conta-se que Maculelê era um negro fugido que tinha doença de pele. Ele foi acolhido por uma tribo indígena e cuidado pelos mesmos, mas ainda assim não podia realizar todas as atividades com o grupo, por não ser um índio. Certa vez Maculelê foi deixado sozinho na aldeia, quando toda a tribo saiu para caçar. Eis que uma tribo rival aparece para dominar o local. Maculelê, usando dois bastões, lutou sozinho contra o grupo rival e, heroicamente, venceu a disputa. Desde então passou a ser considerado um herói na tribo".


Fonte: www.wikipedia.org

0 comentários:

Postar um comentário