QUEBRANDO CABEÇA PARA CONSTRUIR ELOS

A Biblioteca Comunitária "Mundo do Saber" (Pólo de Leitura "Sou de Minas, Uai"), recebeu de doação da amiga, colaboradora e bibliotecária Regina Segurado, uma caixa contendo um maravilhoso quebra-cabeças com a representação do mapa mundi. Como o espaço da biblioteca vem se consolidando como um ambiente de interação, concluímos que poderíamos usar o presente como mais uma ferramenta de divulgação e aproximação dos leitores. Para que se possa seduzir leitores em potencial é preciso que primeiro consigamos trazê-los para dentro da biblioteca, e mostrar que esse espaço pode ser diferente do que o imaginário da sociedade construiu em relação à biblioteca.


A idéia deu certo. O principal objetivo , que era o de chamar atenção das pessoas, foi atingido nas primeiras horas em que a mesa foi montada. Uma curiosidade percebida é a que apesar de conhecerem e saber a finalidade lúdica de um quebra cabeças, a quase totalidade dos visitantes e usuários da biblioteca nunca tiveram a oportunidade de se dedicar ao processo de montagem. A idéia é a de que cada usuário tenha a liberdade e autonomia de colaborar no encaixe das peças, naquele momento em que estiver passando pela biblioteca para fazer um empréstimo, participar de uma mediação de leitura, ou seja, queremos uma construção coletiva que não tenha hora marcada para acontecer. Nesse processo as únicas regras são: cuidado para não desfazer o que o outro montou (com exceção para casos que a montagem esteja incorreta, prejudicando o andamento)  e o zelo pelas peças que ficam espalhadas pela mesa (evitando a frustração de não chegar ao fim do trabalho por falta de peças).


 Eliete Bragança, uma das bibliotecárias do Pólo "Sou de Minas, Uai", possui experiência em montagem de quebra cabeças e deu dicas importantes ao mediador de leitura e aos jovens que se aventuravam na brincadeira.

Para ver MAIS FOTOS e ACOMPANHAR a evolução do nosso mapa-mundí, juntamente com os leitores da Biblioteca "Mundo do Saber", acompanhe nosso perfil no facebook!

0 comentários:

Postar um comentário