VERMELHO AMARGO


Ontem, dia 26-04 foi o lançamento do tão esperado livro “Vermelho Amargo” do autor Bartolomeu Campos de Queirós. Representantes da biblioteca comunitária Livro Aberto compareceram ao coquetel de lançamento que reuniu ilustres convidados como o ilustrador Nelson Cruz e sua esposa Marilda Castanha.




“Um tomate fatiado pode concentrar muitas metáforas, memória afetiva e poesia. Em vermelho amargo, Bartolomeu Campos de Queirós nos transporta para os mil olhos do menino-narrador e, quando damos conta, é nossa infância que passa a coadjuvar seu olhar sensível.”


“O autor nos apresenta uma irmã que de tanto bordar em cruz achou um marido/cruz pra carregar; um irmão que come vidro; outra irmã que mia pelo gato mudo; um pai alambique que destila álcool e ausência; e uma madrasta que fatia em vários vermelhos o mundo afetivo do narrador. No fluir da história, sua prosa mineira transforma-se num fole de sanfona, ora aberta em vários gomos, hora recolhida, resignada as ausências amorosas do lar.”


“Bartolomeu comanda sua escrita com mãos apolíneas e cérebro dionisíaco, produzindo uma fabula delicada... como arame farpado. Grande alma literária com coração santo.” – Gabriel Villela.

O autor atenciosamente dedicou dois livros a biblioteca comunitária Livro Aberto que estarão disponíveis para empréstimo.

4 comentários:

  1. Nada é amargo na literatura de Bartolomeu, pelo contrário tudo é DOCE...

    Rosemary-VIVA/Biblioteca Comunitária Livro Aberto

    ResponderExcluir
  2. Conheci Bartolomeu através da Biblioteca Comunitária Livro Aberto. Quero ser o primeiro a fazer esse empréstimo.

    Anderson - Bairro Goiânia

    ResponderExcluir
  3. Os dois exemplares já estão disponíveis na bilioteca.

    ResponderExcluir
  4. Incrivel participar de eventos importantes, incentivo a todos que tiverem a oportunidade irem.

    ResponderExcluir