A Rede de Leitura "Sou de Minas, Uai" faz parte da Rede Nacional de Bibliotecas Comunitárias e essa semana estará reunida com o coletivo em um encontro de formação em Brasília, ministrado pelo INESC (Instituto de Estudos Socioeconômicos) em parceria com o Instituto C&A. O tema do curso é: "Formação em Orçamento e Direitos com as Redes de Bibliotecas Comunitárias".


Daniela Praça e Tânia Cristina: representantes da Rede de Leitura "Sou de Minas, Uai"

A Rede de Leitura Sou de Minas, Uai deseja um Feliz Dia Internacional do Livro Infantil. Que cada vez mais as crianças de todas as idades tenham acesso a esses livros que propiciam um contato singular com as histórias, com as imagens, com a arte.
Aconteceu essa semana um bate papo no Sesc Palladium sobre micropolíticas de acesso à leitura numa perspectiva daquilo que nos conecta. A conversa destacou a criação e desdobramentos de ações de acesso à leitura, mapeando e reconhecendo quem são os agentes que estão por trás destas ações em prol da comunidade, e as transformações constatadas. A mesa contou com a presença de Túlio Damascena, idealizador e responsável pela Borrachalioteca de Sabará (Rede de Leitura Sou de Minas Uai) e Soraia Magalhães, pesquisadora, escritora e bibliotecária responsável pelo blog Caçadores De Bibliotecas. A mediação ficou a cargo da escritora, produtora cultural e responsável pelo Espaço Cultural Letras e Ponto, Dagmar Braga.





Fotos: Dany Praça 

Programa Repórter PUC exibido no dia 16 de março de 2017 trata da importância da leitura e mostra algumas inciativas da sociedade civil para a democratização do acesso como a Borrachalioteca de Sabará (integrante Rede de Leitura Sou de Minas Uai) e a Mercearioteca. 

"Com boa vontade e políticas públicas de qualidade voltadas para isso vamos fazer uma grande transformação nesse Brasil " Túlio Damascena


Vivemos um momento de transição e todo processo de transição é turbulento. A turbulência é necessária, ela gera o movimento de mudança. Quando o movimento é observado na base da pirâmide social, ele parte de um agente, de um líder, e o estudo dessa liderança e seus desdobramentos são visíveis na área da cultura. As micropolíticas de acesso à leitura são multifocais e agem de modo global na formação estrutural do cidadão. Desta forma é preciso mapear e reconhecer quem são os agentes destas ações e o que eles têm feito para aferir a mudança social a partir de propostas sólidas para o caminho do livro, da leitura, da literatura e das bibliotecas.

As micropolíticas de acesso à leitura são temas de uma conversa sobre a Borrachalioteca,uma linda iniciativa de Túlio Damascena, idealizador e responsável. A Borrachalioteca de Sabará integra a Rede de Leitura "Sou de Minas, Uai" e a Rede Nacional de Bibliotecas Comunitárias - RNBC. 

Borrachalioteca e as micropolíticas de acesso à leitura
Dia 21 de março
Hora: 20h
Local: Sesc Palladium
Teatro de Bolso (Av. Augusto de Lima, 420, Centro)
Entrada gratuita com retirada de ingresso 30 minutos antes da sessão
Classificação: Livre

No próximo sábado, dia 4 de março, acontecerá evento de inauguração da Mercearioteca. A Mercearioteca é uma iniciativa da escritora Leida Reis, que também está a frente da Páginas Editora, e de seu marido, João Alves, dono da Mercearia Porteirinha, onde o tudo começou. O projeto se expandiu e hoje ocupa três espaços, dentro de um sacolão, um bar e uma lanchonete.

A concentração está marcada para as 16h na Praça do Nino, que fica entre as ruas Progresso e Coronel José Benjamin no Bairro Padre Eustáquio. Na sequência acontecerá uma caminhada que passará pelo Sacolão Hortifruti Ideal, na esquina da rua Progresso com a rua Itororó, Bar Tudo no Ponto, na rua Curral del Rey, e Alonsos’Burguer, na mesma rua. 

Os organizadores pedem que cada participante do evento leve um livro para caminhar com ele e, ao final, deixe-o como doação para a Mercearioteca. 


Eu acredito imensamente no poder da formação de leitores através do ato de ler com e para crianças. Não leio qualquer livro, não apresento qualquer ilustrador. A qualidade da publicação é fator de grande importância ao selecionar um livro. Foi com o tempo que aprendi que um bom mediador de leitura não é aquele que chega querendo ensinar algo para as crianças e sim aquele que propicia o espaço necessário para que as crianças mostrem seu potencial em um processo em que a história será um gatilho. Eu me preparo antes de uma leitura com crianças, é claro, mas elas sempre mudam totalmente a regra do jogo e isso é lindo. Saio sempre nas nuvens e com mais orgulho ainda do trabalho que faço. A foto abaixo mostra muito bem o impacto de uma boa história e estará registrada pra sempre em minha memória. #eusoumediadordeleitura
Rafael Mussolini











Livro: Halibut Jackson, escrito e ilustrado por David Lucas e lançado pela editora Editora WMF Martins Fontes


Halibut Jackson é tímido. Halibut Jackson não gosta de ser notado. Então Halibut Jackson
sempre passa despercebido. Mas um dia Halibut Jackson comete um erro: Halibut Jackson é notado.
E seu mundo se torna mais interessante e colorido...

Eis é a história escolhida para receber nossos leitores na Biblioteca Comunitária Livro Aberto após o período de férias!

Rafael Mussolini da Rede de Leitura "Sou de Minas, Uai" será o mediador de leitura que irá apresentar aos jovens esta fábula sutil e encantadora do autor e ilustrador David Lucas. Bora pra biblioteca? 


Biblioteca Comunitária Livro Aberto
Rua Tiziu
Beco Hum, nº 45
Bairro Goiânia

Belo Horizonte
Tel: 31 3486-3049

A Biblioteca Pública Infantil e Juvenil de Belo Horizonte está comemorando 26 anos de existência. Leitores, parceiros, funcionários estão escrevendo depoimentos falando sobre a importância dessa biblioteca para a cidade e para a formação de leitores. O Rafael Mussolini da Rede de Leitura "Sou de Minas, Uai" também participa desta homenagem. 

Endereço: Praça da Estação, s/nº - Centro
Complemento: Centro de Referência da Juventude

O vídeo abaixo com participação do Túlio Damascena da Borrachalioteca de Sabará é um dos três que foram feitos com ex finalistas e ex ganhadores para divulgar a campanha de inscrições e indicações para o Prêmio Bom Exemplo 2017. Veja os dados da campanha no vídeo, inscreva-se ou indique alguém que seja um Bom Exemplo!



Túlio Damascena é integrante da Rede de Leitura Sou de Minas, Uai e da Rede Nacional de Bibliotecas Comunitárias - RNBC.